O que você procura?
 


  

Temo por meus olhos


Temo por meus olhos
diante das puras vestes.
E no entretanto, desejo.


Temor que sugere o epí­logo
de ser cí¢ntaro partido
ao lado de fonte pródiga.


A não contemplar, prefiro
definitiva cegueira.


Não como os homens cegos,
mas como os pés das crianças
que são cegos, caminhando.


Autor: Thiago de Mello

Adicionado em 24/10/2008  |  Cliques: 100




 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2019 Amo Poesias www.amopoesias.com