O que você procura?
 
Amo Poesias › O rio (Vinícius de Moraes)


  

O rio


Uma gota de chuva

A mais, e o ventre grávido

Estremeceu, da terra.

Através de antigos

Sedimentos, rochas

Ignoradas, ouro

Carvão, ferro e mármore

Um fio cristalino

Distante milênios

Partiu fragilmente

Sequioso de espaço

Em busca de luz.



Um rio nasceu.


Autor: Vinícius de Moraes

Adicionado em 24/10/2008  |  Cliques: 15




 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2019 Amo Poesias www.amopoesias.com