O que você procura?
 
Amo Poesias › Lira (Gonçalves Dias)


  

Lira


Se me queres a teus pés ajoelhado,
Ufano de me ver por ti rendido,
Ou já em mudas lágrimas banhado;
Volve, impiedosa,
Volve-me os olhos;
Basta uma vez!

Se me queres de rojo sobre a terra,
Beijando a fímbria dos vestidos teus,
Calando as queixas que meu peito encerra,
Dize-me, ingrata,
Dize-me: eu quero!
Basta uma vez!

Mas se antes folgas de me ouvir na lira
Louvor singelo dos amores meus,
Por que minha alma há tanto em vão suspira;
Dize-me, ó bela
Dize-me: eu te amo!
Basta uma vez!


Autor: Gonçalves Dias

Adicionado em 25/09/2009  |  Cliques: 268


Adicione esta poesia aos favoritos:

Recomende essa poesia!
Seu nome:
Seu e-mail:
Para (Nome):
Para (E-mail):
  Opcional: O link da poesia já aparecerá no e-mail


 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso | Fale Conosco  | Siga-nos no twitter    Copyright ©2014 Amo Poesias www.amopoesias.com