O que você procura?
 
Amo Poesias › Jardim interior (Mário Quintana)


  

Jardim interior


Todos os jardins deviam ser fechados,

com altos muros de um cinza muito pálido,

onde uma fonte

pudesse cantar

sozinha

entre o vermelho dos cravos.

O que mata um jardim não é mesmo

alguma ausência

nem o abandono...

O que mata um jardim é esse olhar vazio

de quem por eles passa indiferente.


Autor: Mário Quintana

Adicionado em 24/10/2008  |  Cliques: 21




 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2019 Amo Poesias www.amopoesias.com