O que você procura?
 


  

De um lado cantava o sol


De um lado cantava o sol,
do outro, suspirava a lua.
No meio, brilhava a tua
face de ouro, girassol!


í“ montanha da saudade
a que por acaso vim:
outrora, foste um jardim,
e és, agora, eternidade!
De longe, recordo a cor
da grande manhã perdida.
Morrem nos mares da vida
todos os rios do amor?


Ai! celebro-te em meu peito,
em meu coração de sal,
í“ flor sobrenatural,
grande girassol perfeito!


Acabou-se-me o jardim!
Só me resta, do passado,
este relógio dourado
que ainda esperava por mim . . .


Autor: Cecília Meireles

Adicionado em 24/10/2008  |  Cliques: 5




 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2019 Amo Poesias www.amopoesias.com