O que você procura?
 
#1639 Pesquisa por "" | 59 resultados em 10 páginas, em 0.03246 segundos





Deve chamar-se tristeza  ( Fernando Pessoa )
Deve chamar-se tristeza Isto que não sei que seja Que me inquieta sem surpresa Saudade que não deseja. Sim, tristeza - mas aquela Que nasce de conhecer Que ao longe está uma estrela E ao perto está não a Ter. Seja o que for, é o que tenho. Tudo mais é tudo só. E eu deixo ir o pó que apa ...
Tipo: Poesias


Madona da Tristeza  ( Cruz e Souza )
Quando te escuto e te olho reverente E sinto a tua graça triste e bela De ave medrosa, tímida, singela, Fico a cismar enternecidamente. Tua voz, teu olhar, teu ar dolente Toda a delicadeza ideal revela E de sonhos e lágrimas estrela O meu ser comovido e penitente. Com que mágoa te adoro e te contemplo, Ó da ...
Tipo: Poesias


As doces cantilenas que cantavam os semicapros deuses, amadores das Napeias, que os montes habitavam, cantando escreverei; que, se os amores aos silvestres deuses maltrataram, já ficam desculpados os pastores. Vós, Senhor Dom António, aonde acharam o claro Apolo e Marte um ser perfeito, em que suas altas men ...
Tipo: Poesias


ALMENO e AGRÁRIO, pastores  ( Luís Vaz de Camões )
Ao longo do sereno Tejo, suave e brando, num vale de altas árvores sombrio, estava o triste Almeno suspiros espalhando ao vento e doces lágrimas ao rio. No derradeiro fio o tinha a esperança que, com doces enganos, lhe sustentara a vida tantos anos ní¼a amorosa e branda confiança; que, quem tanto queria, parece ...
Tipo: Poesias


Canção X  ( Luís Vaz de Camões )
Vinde cá, meu tão certo secretário dos queixumes que sempre ando fazendo, papel, com que a pena desafogo! As sem-razíµes digamos que, vivendo, me faz o inexorável e contrário Destino, surdo a lágrimas e a rogo. Deitemos água pouca em muito fogo; acenda-se com gritos um tormento que a todas as memórias seja estra ...
Tipo: Poesias


Chega de Saudade  ( Vinícius de Moraes )
Vai, minha tristeza, e diz a ela Que sem ela não pode ser Diz-lhe, numa prece, que ela regresse Porque eu não posso mais sofrer Chega de saudade, a realidade é que sem ela Não há paz, não há beleza í‰ só tristeza e a melancolia Que não sai de mim, não sai de mim, não sai Mas, se ela voltar, se ...
Tipo: Poesias



<< Anterior 1 2 3 4...10Próxima >>





 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2018 Amo Poesias www.amopoesias.com