O que você procura?
 
#942 Pesquisa por "" | 38 resultados em 7 páginas, em 0.02808 segundos





Canto IX (Parte I)  ( Luís Vaz de Camões )
1 Tiveram longamente na cidade, Sem vender-se, a fazenda os dous feitores, Que os Infiéis, por manha e falsidade, Fazem que não lha comprem mercadores; Que todo seu propósito e vontade Era deter ali os descobridores Da índia tanto tempo, que viessem De Meca as naus, que as suas desfizessem. 2 Lá no seio Eritr ...
Tipo: Poesias


Canto VI (Parte II)  ( Luís Vaz de Camões )
51 «Já chega a Portugal o mensageiro, Toda a corte alvoroça a novidade; Quisera o Rei sublime ser primeiro, Mas não lho sofre a régia Majestade. Qualquer dos cortesãos aventureiro Deseja ser, com férvida vontade, E só fica por bem-aventurado Quem já vem pelo Duque nomeado. 52 «Lá na leal cidade, donde teve ...
Tipo: Poesias


A quem darei queixumes namorados do meu pastor queixoso namorado a branda voz, suspiros magoados, a causa por que na alma é magoado? De quem serão seus males consolados? Quem lhe fará devido gasalhado? Por partes mil lançando a fantasia, busquei na terra estrela que guiasse. Só vós, Senhor, fermoso e excelente, ...
Tipo: Poesias


Canção VII  ( Luís Vaz de Camões )
Junto de um seco, fero e estéril monte, inútil e despido, calvo, informe, da natureza em tudo aborrecido, onde nem ave voa, ou fera dorme, nem rio claro corre, ou ferve fonte, nem verde ramo faz doce ruí­do; cujo nome, do vulgo introduzido, é Félix, por antí­frase infelice; o qual a Natureza situou junto a parte ...
Tipo: Poesias


Canto X (Parte I)  ( Luís Vaz de Camões )
1 Mas já o claro amador da Larisseia Adúltera inclinava os animais Lá pera o grande lago que rodeia Temistitão, nos fins Ocidentais. O grande ardor do Sol, Favónio enfreia Co sopro que, nos tanques naturais, Encrespa a água serena, e despertava Os lí­rios e jasmins, que a calma agrava, 2 Quando as fermosas Nin ...
Tipo: Poesias


Canto VI (Parte I)  ( Luís Vaz de Camões )
1 Não sabia em que modo festejasse O Rei Pagão os fortes navegantes, Pera que as amizades alcançasse Do Rei Cristão, das gentes tão possantes; Pesa-lhe que tão longe o apousentasse Das Europeias terras abundantes A ventura, que não no fez vizinho Donde Hércules ao mar abriu o caminho. 2 Com jogos, danças e out ...
Tipo: Poesias



<< Anterior 1 2 3 4...7Próxima >>





 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2018 Amo Poesias www.amopoesias.com