O que você procura?
 
#2103 Pesquisa por "" | 46 resultados em 8 páginas, em 0.03504 segundos





Teu Segredo  ( Clarice Lispector )
Flores envenenadas na jarra. Roxas azuis, encarnadas, atapetam o ar. Que riqueza de hospital. Nunca vi mais belas e mais perigosas. í‰ assim então o teu segredo. Teu segredo é tão parecido contigo que nada me revela além do que já sei. E sei tão pouco como se o teu enigma fosse eu. Assim como tu és o meu.
Tipo: Poesias


As tuas mãos terminam em segredo. Os teus olhos são negros e macios Cristo na cruz os teus seios (?) esguios E o teu perfil princesas no degredo Entre buxos e ao pé de bancos frios Nas entrevistas alamedas, quedo O vendo píµe o seu arrastado medo Saudoso o longes velas de navios. Mas quando o mar subir na praia e ...
Tipo: Poesias


O SEGREDO  ( Clarice Lispector )
Há uma palavra que pertence a um reino que me deixa muda de horror. Não espantes o nosso mundo, não empurres com a palavra incauta o nosso barco para sempre ao mar. Temo que depois da palavra tocada fiquemos puros demais. Que farí­amos de nossa vida pura? Deixa o céu í  esperança apenas, com ...
Tipo: Poesias


Amor e medo  ( Casimiro de Abreu )
Quando eu te vejo e me desvio cauto Da luz de fogo que te cerca, ó bela, Contigo dizes, suspirando amores — Meu Deus! que gelo, que frieza aquela! Como te enganas! meu amor, é chama Que se alimenta no voraz segredo, E se te fujo é que te adoro louco És bela — eu moço; tens amor, eu — medo Tenho medo de mim, de t ...
Tipo: Poesias


Passado já algum tempo que os amores de Almeno, por meu mal, eram passados, porque nunca Amor cumpre o que promete, e antre verdes ulmeiros apartados, regando pelo campo as brancas flores, em lágrimas cansadas se derrete; quando a linda pastora, que compete co monte em aspereza, co prado em gentileza, por quem ...
Tipo: Poesias


A órfã na sepultura  ( Castro Alves )
Minha mãe, a noite é fria, Desce a neblina sombria, Geme o riacho no val E a bananeira farfalha, Como o som de uma mortalha Que rasga o gênio do mal. Não vês que noite cerrada? Ouviste essa gargalhada Na mata escura? ai de mim! Mãe, ó mãe, tremo de medo. Oh! quando enfim teu segredo, Teu segredo terá fim? ...
Tipo: Poesias



<< Anterior 1 2 3 4...8Próxima >>



segredo   amanda   estrelas   retrato   traicao   morte   luz   amigo   astro   obedincia   morena   amor   poema   familia   excelencia   feliz   vida   vitorias   cazuza   irmaos   poesias   justica   ansiedade   aniversario   ceara   leonina   amante   amor   animais   frases   ghandi   idosos   negro   desejo   avos   


 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2018 Amo Poesias www.amopoesias.com