O que você procura?
 
#203 Pesquisa por "" | 87 resultados em 15 páginas, em 0.02642 segundos





Saudade  ( Desconhecido )
E caminhamos juntos tanto tempo, durante tanto tempo foste minha, fui teu. Mas de um amor que parecia eterno, tudo se foi, tudo morreu. Hoje vives a pensar em outro, sei que o meu amor já esquecestes, não mais pulsa por mim teu coração e o nome teu ainda murmuro, a voz soluça num lamento vão. O desti ...
Tipo: Poesias


Saudade  ( Pablo Neruda )
Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida Saudade é sentir que existe o que não existe mais Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ...
Tipo: Poesias


E por falar em saudade onde anda você Onde andam seus olhos que a gente não vê Onde anda esse corpo Que me deixou louco de tanto prazer E por falar em beleza onde anda a canção Que se ouvia na noite dos bares de então Onde a gente ficava,onde a gente se amava Em total solidão Hoje eu saio da noite vazi ...
Tipo: Poesias


Chega de Saudade  ( Vinícius de Moraes )
Vai, minha tristeza, e diz a ela Que sem ela não pode ser Diz-lhe, numa prece, que ela regresse Porque eu não posso mais sofrer Chega de saudade, a realidade é que sem ela Não há paz, não há beleza í‰ só tristeza e a melancolia Que não sai de mim, não sai de mim, não sai Mas, se ela voltar, se ...
Tipo: Poesias


Chega De Saudade  ( Vinicius de Moraes )
Vai minha tristeza E diz a ela que sem ela não pode ser Diz-lhe numa prece Que ela regresse Porque não posso mais sofrer Chega de saudade A realidade é que sem ela Não há paz Não há beleza í‰ só tristeza e a melancolia Que não sai de mim Não sai de mim Não sai Mas, se ela voltar Se ela v ...
Tipo: Poesias


Horas de saudade  ( Castro Alves )
TUDO VEM me lembrar que tu fugiste, Tudo que me rodeia de ti fala. Inda a almofada, em que pousaste a fronte O teu perfume predileto exala No piano saudoso, í  tua espera, Dormem sono de morte as harmonias. E a valsa entreaberta mostra a frase A doce frase quinda há pouco lias. As horas passam longas, sonolent ...
Tipo: Poesias



<< Anterior 1 2 3 4...15Próxima >>





 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2018 Amo Poesias www.amopoesias.com