O que você procura?
 
#348 Pesquisa por "" | 86 resultados em 15 páginas, em 0.06076 segundos





O Beijo  ( Alexandre ONeill )
Congresso de gaivotas neste céu Como uma tampa azul cobrindo o Tejo. Querela de aves, pios, escaracéu. Ainda palpitante voa um beijo. Donde teria vindo! (não é meu ) De algum quarto perdido no desejo? De algum jovem amor que recebeu Mandado de captura ou de despejo? É uma ave estranha colorida, Vai batendo como a ...
Tipo: Poesias


Um Beijo  ( Olavo Bilac )
Foste o beijo melhor da minha vida, Ou talvez o pior Glória e tormento, Contigo í  luz subi do firmamento, Contigo fui pela infernal descida! Morreste, e o meu desejo não te olvida Queimas-me o sangue, enches-me o pensamento, E do teu gosto amargo me alimento, E rolo-te na boca malferida. Beijo ext ...
Tipo: Poesias


Pensas tu, bela Anarda, que os poetas Vivem dar, de perfumes, dambrosia, Que vagando por mares dharmonia São melhores que as próprias borboletas? Não creias que eles sejam tão patetas, Isso é bom, muito bom mas em poesia, São contos com que a velha o sono cria No menino que engorda a comer petas! Talvez mesmo que ...
Tipo: Poesias


Ódio sagrado  ( Cruz e Souza )
Ó meu ódio, meu ódio majestoso, Meu ódio santo e puro e benfazejo, Unge-me a fronte com teu grande beijo, Torna-me humilde e torna-me orgulhoso. Humilde, com os humildes generoso, Orgulhoso com os seres sem Desejo, Sem Bondade, sem Fé e sem lampejo De sol fecundador e carinhoso. Ó meu ódio, meu lábaro bendito, ...
Tipo: Poesias


Aspiração suprema  ( Cruz e Souza )
Como os cegos e os nus pede um abrigo A alma que vive a tiritar de frio. Lembra um arbusto frágil e sombrio Que necessita do bom sol amigo. Tem ais de dor de trêmulo mendigo Oscilante, sonâmbulo, erradio. É como um tênue, cristalino fio Destrelas, como etéreo e louro trigo. E a alma aspira o celestial orvalho, ...
Tipo: Poesias


Grande Amor  ( Cruz e Souza )
Grande amor, grande amor, grande mistério Que as nossas almas trêmulas enlaça Céu que nos beija, céu que nos abraça Num abismo de luz profundo e sério. Eterno espasmo de um desejo etéreo E bálsamo dos bálsamos da graça, Chama secreta que nas almas passa E deixa nelas um clarão sidéreo. Cântico de anjos e de a ...
Tipo: Poesias



<< Anterior 1 2 3 4...15Próxima >>





 


Home | Política de Privacidade | Termos de Uso |    Copyright ©2018 Amo Poesias www.amopoesias.com